Buscar
  • Castroseg

Atenção aos golpes aplicados via whatsApp


Golpes no WhatsApp fizeram milhões de vítimas ao redor do mundo. De longe o mensageiro mais popular nos celulares, somando mais de 1,5 bilhão de usuários, o aplicativo é palco para spam de todo o tipo: memes, correntes, promessas de brindes e falsas promoções, descontos ou cupons e, mais recentemente, boatos e notícias falsas.

Os cibercriminosos propagam links maliciosos na web e principalmente por meio do whatsApp, onde o compartilhamento é mais veloz do que a prudencia e o senso crítico.


Fique atento aos temas:

*Eleições 2018.

*Ofertas de Brindes.

*Problemas em sua conta bancária.

*Problemas em sua conta telefônica.


Dicas para não cair na fraude:

*Nunca clique em links, caso desconfie da origem.

*Troque de Senhas com frequência.

*Evite utilizar redes publicas de Wi-fi.

Cuidado com as correntes

Por causa da criptografia de ponta a ponta, que protege o usuário e também o spammer, o WhatsApp afirma que não tem a chave que dá acesso ao conteúdo das mensagens. Sendo assim, não é possível rastrear ou bloquear correntes — a forma mais comum (e eficiente) em que são disseminados os golpes no WhatsApp. O mensageiro também não faz uma análise prévia dos links enviados. Sobra para o receptor decidir abrir ou não.




3 visualizações

Rua Felipe Schmidt, 303 - Sala 602 - Ed. Dias Velho

Centro - Florianópolis - Santa Catarina

contato@castroseg.com.br

 

       48 3223-0154

       48 9 9944-9930

 

  • Instagram
  • Facebook ícone social

© 2014 - Todos os Direitos Reservados - Castroseg